Universidade Comunitária

O que é uma universidade comunitária?

As instituições comunitárias da educação superior são as que não têm finalidades lucrativas e reinvestem todos os resultados na própria atividade educacional. São universidades criadas e mantidas pela sociedade civil e contribuem para o desenvolvimento do país através da oferta de educação de qualidade. Elas devem ser entendidas como fruto da aspiração de cidadãos que, ante à inexistência da oferta dos serviços básicos que a Constituição lhes garante, se unem para poderem acessa-los.

As comunitárias têm vocação pública: estão voltadas ao desenvolvimento das comunidades e não ao interesse pessoal ou particular. São autênticas instituições públicas não estatais e assim pretendem ser tratadas pelo Estado brasileiro.

O segmento das comunitárias é constituído por 438 instituições, responsável por 28% das matrículas da educação superior (Censo Educação Superior 2007).

Como a comunidade é beneficiada nesse contexto?

Um dos diferenciais das universidades comunitárias é a sua inserção nas comunidades regionais e o seu compromisso com a extensão. Além de divulgar o conhecimento científico pelo ensino e produzir novo conhecimento através da pesquisa, as comunitárias dedicam importante esforço para partilhar o conhecimento, a arte e a cultura com as comunidades. É uma via dupla: a universidade não só ensina, mas também aprende e se reinventa nesse diálogo.

Mais de 430 mil pessoas já foram beneficiadas em projetos de extensão, desenvolvidos em hospitais, centros de apoio psicossociais e clínicas. Em 2009, mais de um milhão de pessoas foram contempladas através de programas de assistência à comunidade, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida, inclusão social e construção da cidadania.

Na Unesc, milhares de pessoas são atendidas anualmente nas Clínicas Integradas da Saúde e nas Casas da Cidadania – confira os números.

As Instituições comunitárias proporcionam mais de 400 grupos de pesquisa e revertem este número em estudos que melhoram e solucionam problemas da sociedade. Diante das diversas possibilidades que as comunitárias oferecem aos seus acadêmicos, o mercado de trabalho reconhece e aprova este novo profissional.

 

Fonte:

http://www.unesc.net/portal/capa/index/91/5788/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s