Falta ao Facebook nova tag do Google que verifica autenticidade de notícias

O Google anunciou na última quinta-feira (13) que irá introduzir uma nova tag que verifica a legitimidade da informação veiculada através do Google News, para que não haja boatos rolando em seus trending topics. Agora é a vez do Facebook fazer sua lição de casa e levar mais a sério a apuração das notícias que aparecem em sua timeline.

Quer queira, quer não, a rede social hoje assume o papel de grande mídia, veiculando um número gigantesco de notícias para uma base de usuários maior ainda. Claro, elas aparecem no meio de fotos pessoais, vídeos, atualização de status e publicidades, mas é o lugar em que quase metade dos adultos acessam suas notícias.

Com esse escopo, é responsabilidade do Facebook veicular conteúdo legítimo e não rumores, boatos ou teorias da conspiração. Desde que seus editores foram demitidos, em um esforço para parecer imparcial – agora são algoritmos que informam o que há de mais quente no site -, há uma enxurrada de histórias falsas atingindo grande parte de seu público, de acordo com relatórios do Washington Post nessa semana.

O Facebook afirmou em setembro que iria lançar uma tecnologia para combater histórias falsas em seus trending topics, mas até agora nada. A rede precisa dar mais atenção a esse assunto. Seus esforços não estão sendo suficientes para combater a falta de legitimidade nas notícias, que o quanto mais estão visíveis, mais possuem chances de serem virais. E se elas se tornarem virais, mais pessoas irão atingir – e sabemos que as pessoas tendem a acreditar sem ir até a página B, conferir.

A questão é que não há diferença entre uma notícia verificada e um post de um blog pessoal: o Facebook apresenta foto, título e um resumo para ambos os casos.

Isso é um problemão. Um problemão que, de novo, merece atenção. Atenção redobrada.

Mesmo ainda que haja um filtro no feed de notícias, nada previne que um amigo comente em uma publicação sua com um post malicioso como se fosse uma verdade absoluta. Não há nenhuma tag ou rótulo que mostre para essa pessoa que o que ela está compartilhando é uma desinformação. Não há nem uma maneira de você desabilitar os comentários de uma publicação.

Claro, é uma tarefa difícil para uma empresa que só quer se concentrar em redes sociais e venda de anúncios, por isso que o Facebook repetidamente proclama que não é uma companhia de mídia.

Mas voltemos ao início desse texto. Quer queira, quer não, a rede social hoje assume o papel de grande mídia, veiculando um número gigantesco de notícias para uma base de usuários maior ainda. E está fazendo um trabalho terrível.

(via TechCrunch)

Fonte: http://conteudo.startse.com.br/mundo/lucas-bicudo/falta-ao-facebook-nova-tag-do-google-que-verifica-autenticidade-de-noticias/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s